Repositório Institucional UNIFRAN Teses Doutorado em Promoção de Saúde
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.cruzeirodosul.edu.br/jspui/handle/123456789/1034
Tipo: Tese
Título: Percepção sobre qualidade de vida entre idosos residentes em municípios de pequeno porte do interior de Minas Gerais
Título(s) alternativo(s): Quality of life perception among elderly living in the countryside of Minas Gerais state
Autor(es): Lima, Lara Carvalho Vilela de
Primeiro Orientador: Bittar, Cléria Maria Lobo
Primeiro coorientador: Villela, Wilza Vieira
metadata.dc.contributor.referee1: Soares, Nanci
metadata.dc.contributor.referee2: Silva, Rosalina Carvalho da
metadata.dc.contributor.referee3: Santos, Branca Maria de Oliveira
metadata.dc.contributor.referee4: Cano, Maria Aparecida Tedeschi
Resumo: O envelhecimento populacional é um fato marcante em todo mundo, e também no Brasil, que passou pela transição demográfica em espaço curto de tempo, quando comparado a outros países. Isto requer o desenvolvimento de estratégias que possam melhorar a qualidade de vida (QV) dos idosos, no qual se destacam ações em promoção da saúde. Para tanto, são necessários dados relacionados às percepções dos idosos sobre a sua QV e sobre os serviços que lhe são oferecidos, de modo a subsidiar ações de promoção de saúde na velhice. Os objetivos do presente estudo foram: conhecer as percepções sobre QV de idosos residentes em cinco municípios de pequeno porte do interior do Estado de Minas Gerais; identificar os fatores considerados importantes para a sua QV e conhecer as ações em promoção de saúde ofertadas aos idosos por esses municípios. Trata-se de uma pesquisa qualitativa, a partir de entrevista estruturada com questões abertas, embasada nos temas dos domínios dos questionários WHOQOL -BREF e WHOQOL- OLD. Participaram do estudo 32 idosos, de ambos os sexos, com residência nas zonas rural e urbana dos cinco municípios. A análise das falas mostrou uma amplitude de conceitos em relação à QV na velhice que incluíram aspectos objetivos e subjetivos, dentre eles: saúde, paz, amizade, manutenção das relações familiares e lazer. As vivências dos entrevistados retrataram peculiaridades que envolvem sentimentos e expectativas nesta etapa da vida. Em relação à saúde, os participantes apresentaram diferentes concepções, primando por estarem vivos, por serem independentes, autônomos, mantendo amizades e boa relação familiar. A religiosidade foi apontada como uma importante estratégia de promoção de saúde na velhice. Pela percepção dos idosos, houve discrepâncias entre demanda e oferta de serviços de saúde, transporte público e atividades de cunho social. Conclui-se que para realizar ações em promoção de saúde na velhice é necessário conhecer o contexto social o qual as pessoas estão inseridas e suas diferentes percepções em relação à QV. Os temas propostos pelos questionários WHOQOL-OLD e BREF são úteis para se abordar a QV de idosos, contudo, para o entendimento e estudo das questões relativas à percepção de QV na velhice as abordagens qualitativas mostram-se mais produtivas, uma vez que consideram os aspectos subjetivos dos participantes. Deste modo, fornecem informações essenciais para a formulação de ações na saúde, facilitando o diálogo e permitindo mais liberdade de expressão, principalmente com idosos com baixa escolaridade que residem em contexto rural. Palavras-chave: qualidade de vida; promoção de saúde; envelhecimento.
Abstract: Population aging is a striking fact in the world, and also in Brazil, that undergone demographic transition in short length of time, compared to other countries. This requires a development of strategies aimed to improve the quality of life (QOL) of the elderly, standing out health promotion actions. To this end, it is necessary data related to the perceptions of the elderly about their QOL and the services offered, in order to subsidize health promotion actions to elderly. The objectives of this study were: to know the perceptions about QOL of elderly residents in five small cities in the State of Minas Gerais; identify the factors considered important for their QOL and to know the health promotion actions offered to the elderly in these cities. It is a qualitative research, carried out by structured interviews with opened questions based on the themes of the domains of the WHOQOL-BREF and WHOQOL-OLD questionnaires. 32 elderly of both sexes, with residence in rural and urban areas of the five cities were included. Their speeches analysis showed a range of concepts related to QOL in old age that included objective and subjective aspects, as health, peace, friendship, maintenance of family relationships and leisure. The intervieweds experiences portrayed peculiarities involving feelings and expectations at this stage of life. In relation to health, the participants presented different conceptions, striving to be alive, to be selfsufficient, autonomous, maintenance of friendships and good family relationship. Religiosity was singled out as an important strategy to promote health in old age. According to their perceptions, there were discrepancies between demand and supply of health services, public transport and social activities. It is concluded that to perform health promotion actions to elderly is necessary to know the social context which them are inserted and their different perceptions about QOL. The themes proposed by the WHOQOL-BREF and OLD questionnaires are useful to approach the QOL of the elderly. However, for the knowledge of the perception of QOL in old age the qualitative methods are more productive, since they also consider the subjective aspects of participants, providing information that are essential for formulating actions in health, allowing more freedom and facilitating the dialogue, mainly with the poor schooling elderly people residing in a rural context. Keywords: quality of life; health promotion; aging.
Palavras-chave: Qualidade de vida
Promoção de saúde
Envelhecimento
CNPq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::SAUDE COLETIVA::SAUDE PUBLICA
Idioma: por
País: Brasil
Editor: Universidade de Franca
Sigla da Instituição: UNIFRAN
Departamento: Pós-Graduação
Programa: Programa de Doutorado em Promoção de Saúde
Citação: LIMA, Lara Carvalho Vilela de. Percepção sobre qualidade de vida entre idosos residentes em municípios de pequeno porte do interior de Minas Gerais. Franca, 2014. 127 f. Tese (Doutorado) - Universidade de Franca. 2014.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: https://repositorio.cruzeirodosul.edu.br/handle/123456789/1034
Data do documento: 2014
Aparece nas coleções:Doutorado em Promoção de Saúde

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Lara Carvalho Vilela de Lima.pdf975.51 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.