Repositório Institucional UNIFRAN Dissertações Mestrado em Linguística
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.cruzeirodosul.edu.br/jspui/handle/123456789/976
Tipo: Dissertação
Título: A legitimação da prática de leitura na escola: uma proposta pedagógica para o Ensino Fundamental II
Título(s) alternativo(s): Redefining the reading practices at school in Brazil: proposing a pedagogical approach to Ensino Fundamental II
Autor(es): Neves, Marília de Souza
Primeiro Orientador: Figueiredo, Maria Flávia
metadata.dc.contributor.referee1: Ludovice, Camila de Araújo Beraldo
metadata.dc.contributor.referee2: Oliveira, Sheila Fernandes Pimenta e
Resumo: Constatamos, por meio da nossa experiência como docente de Língua Portuguesa, que o trabalho com a prática de leitura no Ensino Fundamental II constitui um desafio para os professores. Isso se dá devido ao fato de muitos alunos não terem tido a oportunidade de desenvolver o hábito de ler e, por isso, visualizam a leitura como ato mecânico, destituído de sentido, e a realizam apenas para obedecer a ordens e/ou cumprir tarefas. Grande parte desses alunos não atribui sentido ao ato de ler, não estabelece a relação autor-texto-leitor e, consequentemente, não lê com proficiência. Nesse sentido, o aluno pode ser considerado “ledor”, capaz de passar os olhos sobre as linhas, sem se constituir como sujeito leitor. A constatação pode ser explicada por fatores diversos, que vão desde as transformações físicas e psicológicas que o adolescente — educando desse nível escolar — vivencia até a postura do professor em relação ao trabalho ministrado com a leitura na escola. Diante desse cenário, questionamo-nos sobre o real significado da leitura na instituição de ensino; de que maneira se processa a construção do sujeito leitor; quais são os objetivos da leitura; que estratégias são necessárias para ressignificar a prática de leitura na instância escolar e por que os estudantes que ingressam no Ensino Fundamental II tendem a perder o gosto pela leitura, enxergando-a, tantas vezes, como forma de decodificar letras, sílabas e palavras. Pelas razões enumeradas, o presente trabalho objetiva apresentar uma Proposta Interdisciplinar de Trabalho para a Leitura no Ensino Fundamental II. Em termos teóricos, a proposta está fundamentada nas concepções de leitura defendidas por Koch (2011, 2014); Koch e Elias (2012), Kleiman (2001), Solé (1998), Marcuschi (2008), Lerner (2002), Foucambert (1994) e ratificada pelos Parâmetros Curriculares Nacionais - Brasil (1998; 2001), referentes à legitimação dessa prática na escola. Em termos práticos, são elencados todos os procedimentos necessários à aplicação da proposta por meio de um trabalho coletivo e interdisciplinar no contexto escolar. O intuito da proposta é auxiliar a equipe escolar a possibilitar aos discentes um contato significativo com a prática de leitura interativa, por meio de intervenções pedagógicas adequadas, a fim de que os mesmos leiam em diferentes contextos, de acordo com os propósitos definidos, adquirindo a competência leitora que lhes permitirá construir sentidos distintos aos textos com os quais mantiverem contato. Dessa maneira, os alunos terão a oportunidade de se interessar pelo texto em sua totalidade, deixando de concebê-lo como uma mera junção de letras ou palavras vãs e, assim, poderão estabelecer uma relação dialógica com os diversos gêneros textuais que se configuram no seu cotidiano. Palavras-chave: leitura; ensino fundamental II; proposta de trabalho interdisciplinar; linguística textual.
Abstract: Some teachers of the Portuguese language, especially those who work with the second level of elementary education in Brazil (Ensino Fundamental II), encounter a challenging situation – many students have not had any opportunity to develop reading habits, and therefore they think of reading as an imposed task which is not enjoyable and which should be accomplished as though it was a protocol. For a lot of those students, the act of reading does not have a purpose in itself. As a result, they cannot establish an author-reader relationship, and consequently do not read proficiently. Such students could be considered “skimmers”, for they are able to skim a text without being actual reading subjects. This finding can be explained by numerous factors – from the physical and psychological changes the teenager in this level of education undergoes, to the teacher’s attitude towards reading strategies at school. Considering this scenario, we are faced with five problems: how to determine the real meaning of reading in the educational institution; how the construction of the reading subject is processed; what strategies should be used in order to bring a new meaning to reading practices in classroom, and finally, why students who start Ensino Fundamental II are prone to lose interest in reading and start seeing it as a mere way of decoding characters, syllables and words. Having it stated, this paper should present a Proposal of Interdisciplinary Work for Reading at Ensino Fundamental II. In terms of theory, the proposed approach is supported in its entirety by the ideas of reading by Koch (2011, 2014); Koch and Elias (2012), Kleiman (2001), Solé (1998), Marcuschi (2008), Lerner (2002), and Foucambert (1994), and reaffirmed by the Brazilian Curriculum Parameters (1998; 2001), which refer to the legitimization of such practices at school. In empirical terms, we have enumerated all the necessary procedures to apply the proposed approach in an interdisciplinary teamwork at school. The aim of this proposal is to help the school staff when it comes to offering students a pleasant interactive reading experience, by means of an adequate pedagogy, so they can learn to enjoy reading in different contexts according to each purpose, and acquire the reading competency which will ultimately enable the construction of different meanings from every kind of text they see. In conclusion, we believe that such students will have the opportunity to take interest in the text as a whole, instead of thinking of it as a mere arrangement of characters and words. This will help them establish a dialogic relation with different textual genres they may come across. Keywords: reading; ensino fundamental II; proposal of interdisciplinary work; textual linguistics.
Palavras-chave: Leitura
Ensino fundamental II
Proposta de trabalho interdisciplinar
Linguística textual
CNPq: CNPQ::LINGUISTICA, LETRAS E ARTES::LINGUISTICA
Idioma: por
País: Brasil
Editor: Universidade de Franca
Sigla da Instituição: UNIFRAN
Departamento: Pós-Graduação
Programa: Programa de Mestrado em Linguística
Citação: NEVES, Marília de Souza. A legitimação da prática de leitura na escola: uma proposta pedagógica para o ensino fundamenal II. Franca, SP, 2014. 111 f. Dissertação (Mestrado) - Universidade de Franca. 2014.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: https://repositorio.cruzeirodosul.edu.br/handle/123456789/976
Data do documento: 15-Abr-2014
Aparece nas coleções:Mestrado em Linguística

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
MARILIA DE SOUZA NEVES.pdf2.28 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.